26 de jan de 2015

Conhecendo o ciclo menstrual

Salve salve (ops baixou o Pedro Bial por aqui hahaha)

Meninas obrigada pelos parabéns que me deram pela passagem do meu niver de ♥.

Hoje vou falar um pouco sobre ciclo menstrual.Para quem quer engravidar assim como eu é de extrema importância conhecer o seu ciclo.Isso ajuda para que quando você começar de fato as tentativas derem certo.Ainda não estamos tentando,mais como eu já falei e volto a repetir,estou na fase desejante e conhecendo um pouco mais sobre meu corpo.
Bom,meu ciclo não é regular e sempre foi assim.Um ciclo considerado regular costuma durar 28 dias, contando desde o primeiro dia da menstruação até o início da menstruação seguinte.E o meu ciclo é bem mais curto do que o normal e vem de 25 em 25 dias.As vezes mais, outros menos, mais a média é essa.Já me disseram que isso pode dificultar na hora de tentar mais não penso nisso por agora.Tenho no meu celular um aplicativo que me ajuda a contar o meu ciclo e me avisa os dias que estou ovulando e quais os dias que estou fértil e acreditem se quiser até avisa os dias certos para se engravidar de menino e de menina!

Então vamos entender um pouco mais sobre o ciclo (Informações abaixo retiradas do site Baby Center) :




Como os hormônios funcionam

Seu ciclo menstrual é controlado por uma série de hormônios produzidos por partes diferentes do corpo:


- Hormônio liberador de gonadotropina (produzido pelo hipotálamo, que fica no cérebro), ou GnRh
- Hormônio folículo-estimulante (produzido pela hipófise, uma glândula que também fica no cérebro), ou FSH
- Hormônio luteinizante (também produzido pela hipófise), ou LH
- Estrogênio (produzido pelos ovários)
- Progesterona (também produzida pelos ovários)


O processo começa no cérebro. O hipotálamo produz o hormônio liberador da gonadotropina (GnRh), que vai até a hipófise e determina a produção ali do hormônio folículo-estimulante (FSH). O FSH entra na corrente sanguínea e chega até os ovários, estimulando o amadurecimento dos óvulos.

Entre 15 e 20 "sacos", chamados folículos, contendo óvulos começam a amadurecer. Um deles (às vezes dois ou mais) se desenvolve mais rápido que os outros: é o folículo dominante.

O FSH também estimula os ovários a produzir estrogênio. Esse hormônio incentiva os óvulos a amadurecer e determina que o revestimento interno do útero fique mais espesso, para que possa abrigar um eventual óvulo fertilizado.

Ovulação: o óvulo é liberado

À medida que os níveis de estrogênio no sangue aumentam, os níveis de FSH diminuem temporariamente, para depois crescerem de novo. Esse novo aumento é acompanhado pela forte secreção pela hipófise do hormônio luteinizante (LH). É o LH que deflagra a ovulação -- o momento em que o óvulo mais maduro rompe o folículo e sai do ovário. Logo que é liberado, o óvulo é capturado pela extremidade da tuba uterina (ou trompa de Falópio).

O colo do útero, o "gargalo" que une o útero à vagina, normalmente produz um muco opaco e espesso, que os espermatozoides não conseguem penetrar. Pouco antes da ovulação, no entanto, o estrogênio faz com que essa secreção mude de aspecto: ela fica mais fina, transparente e viscosa, parecida com clara de ovo. Através dela os espermatozóides conseguem passar pelo colo do útero e nadar até as tubas uterinas, para então encontrar o óvulo. É na tuba (ou trompa) que a fertilização costuma acontecer.

Depois da ovulação

Dentro do ovário, o folículo vazio de onde o óvulo saiu se transforma no corpo lúteo. Trata-se de um pequeno aglomerado de células amarelado, que começa a produzir a progesterona.

A ação da progesterona faz com que o muco que reveste o colo do útero e a vagina volte a ficar opaco e impenetrável aos espermatozoides. Também estimula o revestimento interno do útero, que fica mais espesso e de aspecto esponjoso, devido ao forte afluxo de sangue. É o endométrio, que está pronto para receber o zigoto (óvulo fertilizado por um espermatozóide).

Conforme a concentração de progesterona no corpo aumenta, os seios ficam mais volumosos e sensíveis. A hipófise para de produzir o FSH, para que nenhum outro óvulo amadureça.

Quando há fertilização...

Quando um espermatozoide fertiliza o óvulo dentro da tuba uterina, o óvulo continua descendo até chegar ao útero, onde se aninha no endométrio, o revestimento interno do útero, na chamada nidação, que às vezes causa um pequeno sangramento.

A essa altura, o zigoto já possui cerca de 150 células. A viagem desde o ovário até o útero leva cerca de cinco dias. Os níveis de progesterona continuam altos, o corpo lúteo continua trabalhando e pode se transformar num cisto temporário (que pode dar algumas dorzinhas do lado), e é possível que você comece a sentir os primeiros sintomas da gravidez.


Quando não há fertilização...

Se o óvulo não for fertilizado ou se, mesmo fertilizado, não conseguir se implantar no endométrio, ele começa a se desintegrar, e o corpo lúteo diminui. Os níveis de estrogênio e de progesterona caem, e o revestimento interno do útero começa a produzir prostaglandina.

Essa substância modifica a irrigação sanguínea do útero, fazendo com que o endométrio se rompa e que o útero comece a se contrair para expulsá-lo (daí a cólica menstrual). A menstruação desce, e o óvulo não-fertilizado é eliminado junto com o revestimento uterino. Com isso, o ciclo recomeça.


E então meninas deu para entender direitinho como funciona?Bom,de acordo com meus cálculos e pelo meu aplicativo começo a ovular em 3 dias mais como não estou tentando ainda estou aproveitando para saber um pouco mais o que acontece quando se ovula.Nunca prestei atenção nos sinais que o corpo da gente manda quando estamos nessa fase mais juro que desta vez prestarei mais atenção.

Espero que as dicas tenham te ajudado e caso tenha ficado alguma dúvida dê uma olhadinha no site que trás muitas dicas interessantes para quem já está na tentativa e para quem já está gravidinha.

Beijos e até

Luh


5 comentários:

  1. Luh, qual aplicativo vc usa?

    Bjos

    Carol

    http://derepentequerosermae.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Ai me fala o nome desse aplicativo tambem rs!!
    Eh muito importante mesmo conhecer nosso ciclo. E como o seu é curto, ja o meu é de 32 dias, mas tbm uso um aplicativo que acerta quase todo mês o meu ciclo fertil.

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  3. Oi Luh...

    Post informativo, amooo... e nos conte qual é seu app.

    Me segue... estou te seguindo..

    Bjos
    Ly
    http://nossosdiasnossaespera.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Luh,
    Conhecer o ciclo é mesmo importantíssimo. O meu é longo, cerca de 33 dias podendo variar até 37.
    Beijos

    http://projetonossobebe.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Otimo post
    Mto bom conhecer bem nosso ciclo ,ne...o meu é de 28 dias...so nao entendi bem como funciona a fase lutea ainda..mas vou aprender tbm,rs
    bjo

    ResponderExcluir

Todos os comentários passam por moderação pois eu faço questão de ler um a um. Aguarde que logo o seu será aprovado e respondido. E obrigada por comentar, isso é muito especial pra mim.Eu sempre vou respeitar sua opinião, mesmo que não concorde com ela. Então, por favor, respeite a minha!Comente com civilidade e mantenha sua educação!Leve as discussões de maneira sadia!

Obrigada por comentar!

Beijos

Luh

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Não retire os créditos - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo